Sendo fitness

Sendo fitness - Low Carb

10:30,2 Comments

Oii meeninas, tudo bom? 

Como eu sei que vocês amam diquinhas fitness e eu prometi pra vocês que eu contaria TUDO o que eu tô fazendo pra perder peso e perder essa barriguinha (acreditem, não é porque eu quero!). Hoje eu vou contar aqui uma coisa super legal que eu aprendi lá na academia, e o mais legal é quem me falou isso foi a minha nutri, que foi o LOW CARB. Eu não sei como vai ser essa minha fase de adaptação a essa dieta (até porque eu ODEIO dieta). Mas mesmo assim, vamos lá!



A partir de hoje eu comecei com o LOW CARB que nada mais é que baixo consumo de carboidratos (CALMA, você não vai sair por aí sem comer nada que tenha carboidrato, não é isso!). O Low Carb age da seguinte forma. Você diminui o tanto de carboidratos ingeridos e passa a consumir mais proteínas e gorduras, e quando isso acontece, você automaticamente vai se sentir saciado com mais facilidade e por isso vai passar a consumir menos calorias e não passa pelo sofrimento de ter que se controlar.

Aí você me pergunta: - Mas Thiana, qual é a vantagem de fazer uma dieta com pouco carboidrato?

As dietas LOW CARB, elas tem vários beneficios a sua saúde, porque você vai consumir doses baixas de carboidrato e não vai cortar eles do seu dia a dia, entendem? Vou explicar melhor...

A fome é o que destroi qualquer dieta, certo? E umas das vantagens de se fazer o LC é essa, a perda quase que automatica do apetite. Então, você não vai abandonar a dieta assim tão fácil!

Dietas de LOW CARB emagrecem mais e mais rápido, sabiam? Pois é, eu também não sabia dessa!! Mas pasmem, é super verdade isso! Se você corta carboidratos da sua alimentação fica muuuito mais fácil emagrecer.

Outra vantagem do LOW CARB é que a dieta diminui a taxa de Triglicerídeos do seu sangue. Pra quem não sabe osTriglicerídeos são móléculas de gordura, e o nível deles no sangue é um forte indicador de risco de doenças cardíacas. E ele também aumenta a taxa de HDL (Colesterol "bom"), e sabemos que quanto maior a nossa taxa de HDL, menor o risco de doenças cardíacas.

Reduz niveis de glicose e insulina no sangue

O carboidrato é digerido e transformado em açúcar simples (Principalmente glicose). Esse açúcar cai na nossa corrente sanguínea e aumentam os níveis de glicose no nosso sangue, Como níveis elevados de açúcar no sangue são tóxicos, o corpo reage com o hormônio insulina, que sinaliza para as células absorverem e armazenarem a glicose.
Para as pessoas saudáveis, a liberação da insulina resolve rapidamente o problema. No entanto, muita, muita gente sofre com esse sistema do corpo lidar com a glicose. Essas pessoas têm a chamada “resistência à insulina”, o que significa que o corpo tem dificuldade de armazenar a glicose nas células, mesmo com a liberação de grandes quantidades de insulina. A resistência à insulina pode levar à diabetes tipo 2, que ocorre quando o corpo não consegue produzir insulina o suficiente para retirar a glicose da corrente sanguínea após as refeições.
Fora que se você tem pressão alta, o Low Carb vai te ajudar muito a controlar. E se não tem, ele também previne!
Quer saber como começar a sua dieta de LOW CARB? Eu vou passar algumas dicas que a minha nutri passou pra mim, ok? E vocês, pelo amor de Deus, não façam nada na loucura, procurem um médico, um profissional antes de sair por ai se jogando em várias dietas, ok? 
A primeira dica é: 
Descobrir quanto de carboidrato você consome por dia.
Quanto carboidrato comer vai depender de várias coisas, como quanto peso você quer perder, se pratica ou não atividade física, se está ou não saudável etc. As recomendações abaixo são apenas um guia para você se orientar. Veja em qual perfil você se encaixa melhor.
100-150 Gramas por Dia
Essa é uma faixa de consumo moderada e não chega a ser low carb. Mas ela é bem adequada para pessoas ativas e saudáveis, que estão tentando secar o corpo sem perder massa magra.
50-100 Gramas Por Dia
Esta faixa é ótima para perder peso sem fazer esforço, ao mesmo tempo em que você mantém um pouco de carboidratos na dieta.
Para quem engorda facilmente com carbos, essa faixa é perfeita para manter o peso também.
20-50 Gramas Por Dia
Essa faixa é a melhor para quem precisa emagrecer rápido, e está sofrendo com a obesidade ou diabetes.
Vale notar aqui que as dietas low-carb não são zero carboidratos.
Você tem muitas opções de legumes e vegetais que possuem bastante fibras, mas pouco açúcar. Muitas pessoas acabam comendo mais salada ao entrarem em dietas LC do que antes.
A segunda dica é: 
Descobrir o que você pode ou não comer
Acho que essa a parte que eu mais vou sentir dificuldade, mas vamos lá!
Pode Comer
  • Carne: Vaca, porco, galinha e outros.
  • Peixe: Todo tipo de peixe e frutos do mar são válidos.
  • Ovos: Ovos caipiras são os melhores.
  • Verduras e legumes: Espinafre, brócoli, cenoura, e todo tipo de verduras em geral.
  • Nozes e sementes: Amêndoas, castanhas, nozes, semente de abóbora e girassol etc.
  • Laticínios: Queijo, manteiga, creme de leite, iogurte.
  • Gorduras e óleos: Óleo de coco, manteiga, banha, azeite de oliva e óleo de peixe.

Pode Beber

  • Café
  • Chá
  • Água
  • Refrigerante (em moderação)

Talvez Sim, Talvez Não

Se você não precisa perder tanto peso, pode se dar ao luxo de incluir mais carbos na sua alimentação. Nesse caso, você pode consumir os da lista abaixo
  • Tubérculos: Batata, batata-doce, beterraba, cenoura e outros
  • Grãos sem glúten: Arroz, aveia, quinoa e outros
  • Leguminosas: Lentilhas e feijões.
  • Frutas: Atenção para a quantidade de açúcares das frutas.
  • Chocolate: Prefira os amargos, de 70% para mais.
  • Vinho: Moderadamente e evite o vinho do Porto, que tem grande quantidade de açúcar.

Elimine Sem Dó

  • Açúcar refinado: Refrigerantes, suco de frutas, sorvete, doces e bolos e tudo o que leva açúcar refinado ou glucose de milho.
  • Grãos com glúten: Trigo, centeio e cevada. Sim, isso inclui pães, massas e cerveja =(
  • Gordura trans: Corte todo tipo de gordura hidrogenada ou parcialmente hidrogenada, como margarinas.
  • Produtos “light” e artificalmente low-fat: Todo produto “light”, especialmente laticínios, costuma ser rico em carboidratos e recheado de tranqueiras.
  • Alimentos industrializados e processados: Se a comida vem em uma caixa e foi feita dentro de uma fábrica, é melhor evitar.
Já fico bastante aliviada por refrigerante está ali entre as listinhas do que pode! HAHAHA

E a terceira dica é: 

Evite os erros de quem começa a praticar LOW CARB 

Erro 1 – Comer Carboidratos Demais
Não há uma definição exata do que é uma dieta low carb. Alguns dizem que qualquer coisa abaixo de 150 gramas diárias de carboidratos já é low carb, e essa quantia de fato está bem abaixo do normal nas dieta ocidental, incluindo a brasileira. Muitas pessoas vão obter ótimos resultados se ficarem nessa faixa, principalmente se os carboidratos vierem de alimentos não industrializados. No entanto, recomendamos que todos interessados em dietas LC façam uma experiência para chegar à faixa de cetose (abaixo de 50g de carbos por dia.), nem que seja por um curto período de tempo.
Erro 2 – Comer Proteína Demais
A proteína é um macronutriente muito importante, e muitas pessoas a consomem em quantidade insuficiente. A proteína aumenta a saciedade e ajuda a acelerar o metabolismo, comparada com outros macronutrientes. De modo geral, consumir mais proteínas facilita a perda de peso e melhora a composição de massa magra. No entanto, muita gente acaba consumindo proteína demais seguindo uma dieta LC. E quando  isso acontece, seu corpo tem mais proteína do que necessita e alguns dos aminoácidos da proteína se transformam em glicose, por meio de um processo chamado gliconeogênese. De acordo com Volek e Phinney, pesquisadores especializados em dietas LC, uma alimentação low-carb bem planejada deveria ser baixa em carboidratos, alta em gordura e moderada em proteína. Uma boa faixa de consumo de proteínas é 1,5-2 gramas por quilo de peso corporal. Mais que isso pode ser desnecessário.
Erro 3 – Medo de Consumir Gordura
A maioria das pessoas está acostumada a consumir a maior parte de suas calorias diárias na forma de carboidratos, especialmente açúcares e grãos. Quando elas passam para uma dieta LC e removem boa parte dos carboidratos, é preciso encontrar outra fonte de calorias.Infelizmente, a maioria acha que se cortar carboidratos é bom, então cortar carboidratos e gordura é melhor ainda. Esse é um grande erro. Ao reduzir o consumo de carboidratos, é preciso substituí-lo por uma outra fonte de energia: a gordura. Se não fizer isso, você vai acabar sentindo fome, ficando mal e vai acabar abandonando sua dieta. Segundo a ciência, não há razão para ter medo de gordura, desde que você evite a gordura trans e reduza o consumo dos óleos vegetais (altos em ômega 6, bastante inflamatórios). Ou seja: pode usar azeite e manteiga sem medo em suas refeições, comece a experimentar receitas com óleo de coco e não fuja dos cortes mais gordos de carne, ok? 

Pois é, meninas. Será que eu consigo essa proeza de encarar um Low Carb? Tomara que sim, né? 

E vocês, o que acharam do low carb? Achei bem simpleees e até acho que dá fazer sem sofrer! Vocês já conheciam essa dieta? Me contem aqui em baixo, ok? 

Um beeeijo!

You Might Also Like

2 comentários:

  1. Nossa, eu simplesmente amei as dicas, quero muito fazer uma dieta e emagrecer um pouco sabe?! Já passou da hora hahaha vou testar!! Beijo 💜

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Testa sim, Carol! Tá fazendo um diferença enorme! Um beeeeijo!

      Excluir